Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Movimento defende referendo para o Bolhão

Plataforma Cívica recolhe assinaturas para inviabilizar projectos para aquele espaço. Conferência e manifesto preparados para finais de Maio.
 
 
 
    A plataforma Cívica pondera lançar uma campanha de recolha de assinaturas para a realização de um referendo local sobre o futuro do Mercado do Bolhão e, em geral, do património da cidade do Porto. A informação foi dada ontem à agência Lusa por um dos principais animadores do movimento, constituído em Fevereiro para tentar inviabilizar o projecto que a Câmara do Porto aprovou para aquele ex-líbris da cidade. José Maria Silva sustentou que a Plataforma quer “avançar rapidamente” para o referendo e acredita que o assunto já será discutido na “conferência cívica” planeada para “finais de Maio” no Porto. Essa conferência tem como objectivo reunir “um conjunto de personalidades e instituições da cidade” na defesa do Bolhão e outros equipamentos que são parte da “memória colectiva do Porto”.
    A ocasião, disse, servirá ainda para apreciar um “manifesto” centrado em três grandes objectivos: “promover a participação colectiva” na luta pelos valores culturais e históricos da cidade, promover esses valores e “defender a causa do património”.
    Um dos rostos mais conhecidos da Plataforma Cívica é o arquitecto Joaquim Massena que, em 1992, ganhou o concurso público lançado pela Câmara para um projecto de consolidação e reabilitação do mercado. O projecto concebido por Massena ficou na gaveta. A autarquia explicou, então, que não tinha dinheiro para o executar.
    O arquitecto não se deixa, no entanto, convencer e, como exemplo, diz que era possível obter fundos através do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional). Massena socorre-se de um recorte de jornal para mostrar que foi com o socialista Nuno Cardoso como presidente da Câmara do Porto (1999-2002) que se começou a falar em “envolver privados no processo”, com o argumento de que a autarquia não tinha dinheiro para avançar sozinha. Uma das iniciativas que está a ser estudada para os tempos mais próximos é a realização de um “cordão humano”em volta do Bolhão, envolvendo artistas, e a realização simultânea de espectáculos de teatro, folclore e outros.
in Global

Publicado por piriloni às 16:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Piriloni!!

Pesquisar neste blog

 

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas!

Contador de acessos
Contador de acessos

Arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Links úteis!

www.esec-padrao-legua.rcts.pt manifestobolhao.blogspot.com portovivosru.pt/ cidadescriativas.blogs.sapo.pt/ www.ua.pt/csjp/cidadescriativas/ www.cm-porto.pt

Arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

O nosso grupo!!

Somos quatro jovens estudantes pertencentes á escola secundária do Padrão da Légua. O grupo formou-se dentro das aulas de Área de Projecto e rapidamente tanto o tema como o nome do grupo surgiram espontaneamente. O nome do nosso grupo "Piriloni" surgiu de uma brincadeira em que juntamos iniciais dos membros do grupo. Criamos um nome sonante, marcante e divertido.

Subscrever feeds